IMVC

Identifique-se


Obrigatórios


Obrigatórios


Obrigatórios

Monte seu Treinamento

Essa opção destina-se, exclusivamente, a Pessoas Jurídicas que necessitem customizar um programa “In Company” e possuam no mínimo 10 participantes.

Caso necessário, favor ligar para 11- 3171-1645 ou 99988-2309.

Clique nas competências para selecionar os conteúdos que deseja incluir em seu treinamento.

Competência Comunicação

  • Comunicação por E-Mail (ver competência)


    Comunicando com Qualidade

    Levando o Leitor a Ação

    Organizando o E-Mail

    As Regras de Ouro


  • Comunicação e Verbal (ver competência)


    A comunicação verbal e não verbal

    As cenas temidas no processo comunicativo

    A administração do medo e das inibições

    A autoimagem do líder/comunicador

    A apresentação pessoal e a projeção da imagem do comunicador

    A percepção da voz (dicção, ritmo, pronúncia e a saúde vocal)

    A linguagem do corpo (postura, expressões faciais)

    A coerência entre gestos, atos e palavras

    Os diversos estilos de comunicadores

    As soluções para evitar barreiras nas apresentações em público

    A fala de improviso

    A argumentação criativa

    A flexibilidade e a competência para responder às perguntas da plateia

    A tecnologia da apresentação – a importância e a melhor utilização dos recursos o audiovisuais, a simbologia das cores, o planejamento da apresentação visual, a utilização do microfone

    CHA – conhecimentos, habilidades e atitudes necessárias para uma apresentação eficaz


  • Comunicação e PNL (ver competência)


    Processo de Comunicação

    Desenvolvendo Relacionamentos com os Interloucutores

    PNL - Programação de Neolinguística no Processo de Comunicação e no Desenvolvimento de Relacionamentos Interpessoais


  • Vendedora (ver competência)


    Comunicação - Um dom ou uma técnica?

    "Vendendo" suas idéias através da comunicação inovadora

    Preparando sua apresentação

    Estratégias para o autodesenvolvimento em comunicação


  • Comunicação Conflitos e Feedback (ver competência)


    Qual sua Opinião sobre Feedback?

    Como os outros me veem do ponto de vista de flexibilidade, geração de confiança, momentos de tensão?

    Janela de Johari e Estilos Interpessoais

    Orientações sobre Feedback

    As Dez Dimensões do Saber Dar Feedback

    Questionário de Avaliação de Feedback

    Simulação de Entrevista e Feedback

    Ideias para um Plano de Retorno ao Trabalho.


  • Comunicação Assertiva (ver competência)


    Autodiagnostico: IE e Assertividade

    Revendo o conceito de inteligência

    Os principais atributos da Inteligência Emocional

    Outras características das pessoas emocionalmente inteligentes

    Os quatro tipos de comportamento e as características do comportamento assertivo

    Assertividade e Autoestima

    A comunicação assertiva e seus impactos nas relações com as pessoas

    Desenvolvendo a Inteligência Emocional e Assertividade

    Autodesenvolvimento e Sucesso Pessoal & Profissional

    Obstáculos ao autodesenvolvimento e orientações sobre como superá-los

    Plano de ação


  • Comunicação Interpessoal (ver competência)


    Comunicação e comportamento humano

    Inteligência Emocional como base para uma comunicação interpessoal eficaz

    Barreiras nas comunicações

    Requisitos para uma comunicação eficaz

    O poder da autoimagem e da autoestima

    A arte de ouvir e o processo de empatia

    A janela de Johari

    O sistema de feedback: como dar e receber

    Estilos de comunicação

    Informação & Comunicação & Suposição: A escada de inferência

    Conhecimentos, habilidades e atitudes necessárias às comunicações interpessoais


  • Comunicação e Negociação (ver competência)


    Autodiagnostico: Sou um bom negociador/comunicador?

    Etapas do processo - preparação, abertura, exploração, apresentação, clarificação, fechamento e avaliação; da fixação de objetivos ao controle e a avaliação

    Comunicação, Relacionamento e Negociação com a clientela interna e externa; a arte de dar boas (e más) notícias

    Confiança, assertividade, persuasão e influenciação

    Estilos de comportamento no processo de comunicação, relacionamento e negociação - como operacionalizá-los para públicos de nível heterogêneo

    Análise individual das forças e fraquezas e sua utilização durante o processo

    Tecnologias/instrumentos disponíveis

    Estratégias e táticas, ativas e defensivas

    Administração dos climas do processo

    Comunicação e Negociação pessoais ou por telefone: similitudes e diferenças

    Ética: a quem compete definir? É subjetiva ou não? Como operacionalizar?

    Desenvolvimento de estilos alternativos de comunicação, relacionamento e negociação (criatividade e iniciativa)

    Compatibilização das técnicas e dos estilos de comportamento

    A flexibilidade e sua influência

    Diagnose do grau de flexibilidade e de geração de confiança

    Administração de conflitos

    Diagnose dos obstáculos no processo de comunicação/relacionamento/negociação

    Marketing pessoal

    O perfil do brasileiro e seus pecados capitais

    Um Plano de Ação


  • Comunicação entre Gerações (ver competência)


    A matriz integradora: Gerações, Posicionamento Organizacional, CHA

    As estratégias

    As características

    As dificuldades

    As demandas

    As mídias

    Perfil das gerações

    Desenvolvimento da carreira: Ações de T&D nas diferentes gerações

    Influência dos Sentidos na Aprendizagem: Ciclo de Aprendizagem Vivencial

    A Capacitação da Nova Geração

    Os Três Rs e os Três Cs que Igualam todas as Gerações

    Valores de cada Geração

    Papel das Lideranças no relacionamento com as diferentes Gerações

    O aprendizado bidirecional

    Trilhas sugeridas

    A implantação

    A evolução do mercado de trabalho no mundo e no Brasil

    As mudanças de perfil requisitado pelo mercado de trabalho

    As mudanças de perfil requisitado pelo mercado de trabalho

    As diferentes gerações existentes (XYZ)

    Perfil de cada uma das gerações

    Possíveis problemas de comunicação entre as gerações


  • Comunicação e Marketing Pessoal (ver competência)


    Marketing Pessoal

    Fazendo acontecer

    A Negociação interna

    Comunicação / Relacionamento Interpessoal

    Plano de Retorno ao Trabalho


  • Técnicas de Apresentação (ver competência)


    Comunicação Interpessoal

    Marketing pessoal e profissional

    O Preparo das Apresentações

    Planejamento da Apresentação

    Roteiro para uma apresentação eficiente

    A correta utilização de recursos audiovisuais

    Feedback e Avaliações de Apresentações


  • Comunicação Escrita (ver competência)


    Comunicando com qualidade

    Aprimorando a forma

    Trabalhando as ferramentas de linguagem


Competência Liderança

  • PDL (ver competência)


    Lider Comunicador - Abrindo Portas para o Relacionamento Interpessoal

    Motivação - Fazendo as Pessoas Agirem

    Liderança de Situações e Pessoas

    Otimizando os Relacionamentos

    A Liderança a Partir de Objetivos

    Auto-desenvolvimento - Pessoal e Profissional

    As Fontes de Insatisfação e Inércia

    Os Níveis de Produtividade Atual x Ideal

    A Gestão para Resultados

    O Potencial de Desempenho a Desenvolver

    Liderança com Foco em Resultados

    Tomada de Decisão – Individual e Grupal

    Comunicação e Expressão

    Comunicação e Feedback

    Evitando Barreiras nas Comunicações

    Excelência nas Comunicações e Sucesso Profissional

    Reuniões como Instrumento da Comunicação Grupal

    O Planejamento e o Conteúdo dos Postos de Direção

    Paradigmas da Qualidade da Nova Liderança

    Exigências da Nova Liderança

    Administração por Objetivos

    O Espírito de Realização

    Sistema de Valores

    Instrumentos de Ação Gerencial: Comunicação/Negociação/Influência

    Instrumentos de Ação Gerencial: Valores Comportamentais

    Instrumentos de Ação Gerencial: Responsabilidades Organizacionais


  • Liderança Integradora - Nível Avançado (ver competência)


    Abertura

    A Liderança a partir de objetivos

    Os Níveis de Produtividade Atual X Ideal

    O Planejamento e o conteúdo dos Postos de Direção

    Paradigmas da Qualidade da Nova Liderança

    Exigências da Nova Liderança

    Administração por Objetivos

    O Espírito de Realização

    Sistema de Valores

    Instrumentos de Ação Gerencial: Comunicação/Relacionamento Interpessoal

    Instrumentos de Ação Gerencial: Valores Comportamentais

    Instrumentos de Ação Gerencial: Responsabilidades Organizacionais

    Encerramento


  • Liderança Transformadora - JL - Nível Pleno (ver competência)


    Líder Comunicador – abrindo portas para o relacionamento interpessoal

    Liderança de Situações e Pessoas

    Otimizando os Relacionamentos

    As Fontes de Insatisfação e Inércia

    O Potencial de Desempenho a Desenvolver

    Encerramento (reflexões sobre o programa, feedback grupal e conclusões)


  • Delegação e Empowerment de Equipes (ver competência)


    Autoanálise sobre delegação

    O que é e o que não é delegação

    O dilema do executivo: “Delegue ou te Devoro”

    Por que (não) se delega?

    O que acontece quando saímos de férias?

    O poder vem da delegação ou da centralização?

    A energização (empowerment) e a motivação

    Causas da indelegação (cognitivas/comportamentais, chefes/subordinados)

    Vantagens e desvantagens da delegação

    Sequência para a delegação eficaz

    Níveis de delegação e graus de autoridade

    Obstáculos organizacionais e pessoais

    Erros mais comuns ao processo de delegação

    Alternativas para controlar o que se delegou

    A escolha da pessoa indicada

    Delegação, descentralização, terceirização ou abdicação

    Simulação do processo de delegação - aplicação prática à realidade do participante e da organização

    Plano de Ação para os próximos 90 dias (a ser consensado com o superior, no máximo 10 dias após o evento)


  • Gestão de Projetos e Processos (ver competência)


    Fundamentos de Gerenciamento de Projetos

    Concepção do Projeto

    Integração das nove áreas de conhecimento da Gestão de Projetos, segundo o PMI


  • Liderança de Riscos e Oportunidades (ver competência)


    Conhecimento do “Eu”

    Conhecimento da organização

    Liderança, processo decisório e as pressões

    Aprendendo a ser um líder mais eficaz

    Elaborando um plano de ação pessoal e organizacional.


  • GT Otimização de Resultados - Nível Avançado (ver competência)


    Autodiagnostico sobre estilos de administração do tempo e do espaço (interpretação dos perfis obtidos - debates e conclusões)

    Ajustando o foco e produtividade (dinâmica: construindo a melhor torre - avaliação dos resultados)

    Critérios SMART para a definição de objetivos (exercício de fixação)

    Organização do trabalho (dinâmica: os mandamentos de organização eficaz - conclusões à luz do cenário atual)

    A gestão do conhecimento no trabalho em equipe visando a estimular a sinergia grupal (Dinâmica: Corporate Storytelling)

    Planejamento de vida e carreira (elaboração de um projeto auto tutorial denominado “dirigindo meu próprio filme

    A influência dos aspectos motivacionais na gestão do tempo (filme: a filosofia do peixe - debates e conclusões)

    Plano de Retorno ao Trabalho

    Encerramento (reflexões sobre o programa, feedback grupal e conclusões)


  • GT Otimização de Resultados - Nível Pleno (ver competência)


    Reflexão preliminar (principais fatores que dificultam sua administração do tempo)

    Cenário atual das organizações: desafios e oportunidades

    Implicações para o uso do tempo face às demandas dos diversos tipos de Cliente

    Aprendendo a distinguir e lidar com CHRONOS e KAIRÓS – diferentes dimensões do tempo

    Estratégia para uma administração do tempo em um cenário de mudanças aceleradas. (objetivos, prioridades, planejamento, ação)

    Estabelecendo acordos sobre prioridades com base nas variáveis urgência e importância (princípio de Pareto aplicado à matriz do tempo)

    Abordagem sistêmica para um planejamento eficaz (debates e conclusões à luz do modelo de alinhamento estratégico)

    Identificação e eliminação do “tempo improdutivo”, pessoal, profissional e organizacional; (debates sobre causas e soluções dos principais desperdiçadores do tempo contextualizados em organizações públicas)

    Tendências e reflexões visando à ação futura (dinâmica: matriz de valor, debates e conclusões)

    Novas alternativas para utilização do tempo nas dimensões pessoal e organizacional

    Plano de retorno ao trabalho


  • Gestão Financeira (ver competência)


    Fase 2 - 2ª etapa - Módulo I - Trade Marketing x Marketing do Trade

    Fase 2 - 2ª etapa - Módulo I - Plano de Trade Marketing

    Fase 2 - 2ª etapa - Módulo I - Varejo – visão mais estratégica como direção do operacional

    Fase 2 - 2ª etapa - Módulo I - O acesso ao mercado – Visão de canais de distribuição

    Fase 2 - 2ª etapa - Módulo I - Accountable Trade Marketing

    Fase 2 - 2ª etapa - Módulo II - I - Introdução

    Fase 2 - 2ª etapa - Módulo II - I - Lucro, caixa e valor

    Fase 2 - 2ª etapa - Módulo II - I - A linguagem dos negócios

    Fase 2 - 2ª etapa - Módulo II - I -Principais demonstrações

    Fase 2 - 2ª etapa - Módulo II - II - Objetivos e limitações da análise das demonstrações

    Fase 2 - 2ª etapa - Módulo II - II - Indicadores Gerais

    Fase 2 - 2ª etapa - Módulo II - II - Indicadores específicos da organização

    Fase 2 - 2ª etapa - Módulo II - II - Relacionamento entre as análises

    Fase 2 - 2ª etapa - Módulo II - III - Gestão nas organizações

    Fase 2 - 2ª etapa - Módulo II - III - Conceitos gerais e aplicabilidade

    Fase 2 - 2ª etapa - Módulo II - III - Especificação de custos

    Fase 2 - 2ª etapa - Módulo II - IV - Componentes da gestão financeira na empresa

    Fase 2 - 2ª etapa - Módulo II - IV - Capital de giro

    Fase 2 - 2ª etapa - Módulo II - IV - Estrutura e custo de capital

    Fase 2 - 2ª etapa - Módulo II - V - Investimentos das organizações

    Fase 2 - 2ª etapa - Módulo II - V - Estrutura de um projeto

    Fase 2 - 2ª etapa - Módulo II - V - Métodos de avaliação de projetos de investimentos

    Fase 2 - 2ª etapa - Módulo II - V - Resultado econômico e resultado financeiro

    Fase 2 - 2ª etapa - Módulo III - O Papel do Gestor Comercial

    Fase 2 - 2ª etapa - Módulo III - Os Desafios da Liderança na Área Comercial

    Fase 2 - 2ª etapa - Módulo III - Coaching e Feedback – Ferramentas para Potencializar os Resultados da Equipe

    Fase 2 - 2ª etapa - Módulo III - Gestão do Tempo e Produtividade na Área Comercial

    Fase 2 - 2ª etapa - Módulo IV


  • Gestão da Mudança (ver competência)


    Abertura

    Macrotendências para um Mundo em Constante Mudança

    Consultoria Através do Exemplo e da Influência

    Potencializando a Sinergia do Relacionamento entre Gerações

    Mudança, Empowerment e Produtividade

    Mudanças e Alianças Estratégicas

    Estabelecendo Prioridades num Cenário de Caos e Complexidade

    Aspectos Motivacionais dos relacionamentos

    Fatores Comportamentais que Afetam a Mudança

    Tire o “S” das Crises e Crie

    Ideias para um Plano de Ação

    Encerramento


  • Planejamento Estratégico (ver competência)


    1º. ENCONTRO – DIAGNÓSTICO INICIAL (8H)

    2º. ENCONTRO – WORKSHOP

    3º. ENCONTRO – WORKSHOP (16H) – 15 DIAS APÓS O EVENTO ANTERIOR

    4º. ENCONTRO – 1ª REUNIÃO DE TRABALHO (8H) – 15 DIAS APÓS O EVENTO ANTERIOR

    5º. ENCONTRO – 2ª REUNIÃO DE TRABALHO (8H) – 15 DIAS APÓS O EVENTO ANTERIOR

    Mudanças de paradigmas, rupturas descontinuas e revolucionárias


  • Pensamento Sistemico (ver competência)


    Onde estamos hoje? Onde deveríamos estar? EU e a CLIENTE

    Somos escravos de nossas certezas?

    Quando decorei todas as respostas, mudaram as respostas?

    Alinhamento estratégico, pensamento sistêmico e sinergia

    As diversas lógicas existentes nos processos de mudança

    A lógica da mente humana e a lógica das organizações

    As questões culturais de uma organização como a CLIENTE

    Isolamento, interligação e interdependência dos problemas

    Pensamento convergente e divergente

    Métodos de pensamento (cartesiano, hipotético-dedutivo, dialético, fenomenológico)

    Pensamento sistêmico X pensamento holístico

    Definindo uma organização que aprende

    As cinco disciplinas de uma organização que aprende

    Fatores que promovem e estimulam a inovação organizacional

    Fatores que promovem o processo de melhoria contínua

    Gestão de performance e mensuração de resultados

    Plano de Retorno ao Trabalho


  • Condução de Reuniões Produtivas (ver competência)


    Alguns Conceitos Básicos

    Fundamentos do Trabalho em Grupos

    A Matriz de Desempenho em Reuniões

    Reuniões Produtivas

    Comunicação nas Reuniões

    Reunião e Conflito

    Um programa de Ação: Efetivando mudanças de procedimentos e comportamentos


  • Trabalho em Equipe - Tem Building (ver competência)


    Abertura

    Papéis Fundamentais numa Equipe de Alta Performance

    Pesquisa Exploratória Conceitual

    Estabelecendo Alianças e Parcerias na Equipe

    O Processo de Tomada de Decisão em Equipe

    Planejamento e Otimização do Trabalho em Equipe

    O Perfil da CLIENTE Frente a um Cenário de Mudanças

    Fatores Comportamentais que Afetam o Trabalho em Equipe

    O Impacto da Cultura Organizacional no Processo de Trabalho em Equipe

    A Excelência da Comunicação como Fator de Otimização do Trabalho em Equipe

    Alinhamento Estratégico no Processo de Articulação Organizacional

    Tendências e Reflexões Visando à Ação Futura

    Plano de Retorno ao Trabalho

    Encerramento


  • Processo Decisório (ver competência)


    As diversas lógicas existentes

    A lógica da mente humana

    Isolamento, interligação e interdependência dos problemas

    Pensamento convergente e divergente

    Métodos de pensamento (cartesiano, hipotético-dedutivo, dialético, fenomenológico)

    Pensamento sistêmico

    Exercício: o que o Dr. House tem a nos ensinar sobre tomada de decisões

    O que é ser um trabalhador do conhecimento

    Processos do trabalho do conhecimento

    Por que algumas decisões são mais difíceis do que outras?

    Como lidar com as prioridades

    Decisões programadas e decisões não programadas

    Devo acreditar nas pessoas?

    A abordagem racional X a abordagem intuitiva

    As percepções e os valores

    Exercício: Estudo do caso “Dizer não ao seu cliente interno ou desistir do senso de justiça?”

    Vendo os problemas com clareza

    Definindo e compreendendo as implicações do problema

    A geração de alternativas de solução

    Métodos coletivos de geração de alternativas de solução

    Escolhendo a melhor solução. O problema dos trade-offs

    A arte de “decidir num piscar de olhos”

    Da ideia à ação

    Algumas regras para a resolução criativa de problemas

    Exercício: Business Game: “Petróleo”

    O aparente do aparente

    O oculto do aparente

    O aparente do oculto

    O oculto do oculto

    Neurofilosofia e o paradoxo cérebro X mente

    A neurociência aplicada ao processo decisório

    Emoções e sentimentos e sua influência nas decisões

    Dicas para a melhoria constante da qualidade de suas decisões

    Exercício: Elaboração da Matriz Decisória (integração de todo programa)


  • Atração, Engajamento e R. Talentos (ver competência)


    O que representa ser avaliado e sua importância para os resultados organizacionais

    A premissa de avaliação de pessoas: tudo que não agrega valor, destrói valor

    Os aspectos comportamentais da avaliação de pessoas

    Saindo da subjetividade das avaliações para “disciplinar as subjetividades”

    Entendendo as qualidades requeridas de um avaliador de pessoas

    Por que a avaliação em equipe diminui a subjetividade

    Erros mais comuns e respectivas causas: Avaliador e Avaliado

    Lidando com os “medos” inerentes ao processo

    Novas formas de avaliação baseada em múltiplas fontes


  • Gestão por Resultados (ver competência)


    O que representa avaliar pessoas e sua importância para os resultados organizacionais

    A premissa de avaliação de pessoas: Tudo que não agrega valor, destrói valor

    Os aspectos comportamentais da avaliação de pessoas

    Saindo da subjetividade das avaliações para “disciplinar as subjetividades”

    Qualidades requeridas de um avaliador de pessoas

    Avaliação em equipe diminui a subjetividade

    Erros mais comuns e respectivas causas

    Lidando com os “medos” inerentes ao processo

    Novas formas de avaliação


  • Feedback como Ferramenta de Desenvolvimento (ver competência)


    Feedback como Ferramenta de Desenvolvimento


Competência Negociação

  • Negociação Gerencial (ver competência)


    Autodiagnostico do participante na competência negociação e gestão de conflitos: forças e fraquezas

    A geração de confiança no processo de negociação: saber ouvir como fator diferencial

    O que é, realmente, um conflito? Um “mal” necessário?

    Uma abordagem proativa

    Identificando efeitos e solucionando suas causas

    Tipos de conflito (interpessoais / grupais / pessoais / profissionais)

    Objeções e impasses: como superá-los nas negociações e conflito

    Definindo estilos e otimizando relacionamentos

    Etapas dos conflitos e das negociações

    A dificuldade no fechamento das negociações

    Aceitação das diferenças individuais

    Melhorando a flexibilidade


  • Negociação Avançada (ver competência)


    O contexto atual das negociações

    Clientes muito mais bem preparados

    Fatores que tornam uma negociação difícil

    Uma revisão de estilos

    Flexibilidade como fator crítico nas negociações

    Negociação e comunicação

    Análise e solução de problemas

    Competência na formação de parcerias

    Avaliando os resultados de uma negociação

    Negociação de projetos de longa maturação

    Negociações com múltiplos níveis de decisão

    Ideias para um Plano de retorno ao Trabalho


  • Negociação Momentos da Verdade (ver competência)


    Autodiagnostico do participante na competência negociação e gestão de conflitos: Forças, fraquezas

    A geração de confiança no processo de negociação: Saber ouvir como fator diferencial

    O que é, Realmente um Conflito? Um “mal” necessário?

    Uma Abordagem Proativa

    Identificando Efeitos e Solucionando suas Causas

    Tipos de Conflito (Interpessoais / Grupais / Pessoais / profissionais)

    Objeções e Impasses: como superá-los nas negociações e conflitos

    Definindo Estilos e Otimizando Relacionamentos

    Etapas dos Conflitos e das negociações

    A dificuldade no fechamento das negociações

    Aceitação das Diferenças Individuais

    Melhorando a Flexibilidade

    Administração de conflitos - Como dizer não

    Como Lidar com Pessoas Difíceis

    Comportamentos para Administrar Pressões

    Conflitos e os Processos de Mudança

    O Feedback como Instrumento da negociação e Gestão de Conflitos

    Dando Boas e Más notícias

    Estratégias e Táticas para negociações e Superação de Conflitos

    Pecados capitais do negociador brasileiro; o que não fazer ao negociar

    Atuando como consultor do Cliente: Competências a desenvolver

    Qualidade de serviços em negociação: Os “Momentos da Verdade”

    Identificando os Momentos da Verdade nos processos de Negociação

    A elaboração de um plano individual de melhoria


  • Persuasão e Influência (ver competência)


    Afinal o que é persuasão? Influência? Alinhando os conceitos

    Identificando os tipos de persuasão

    Os seis princípios da persuasão: Reciprocidade, Escassez, Autoridade, Consistência, Consenso e Afinidade

    Persuasão através da linguagem negativa

    Persuadindo através do tempo, informação e poder do outro lado

    Persuasão e Rapport

    Velhos argumentos, novas abordagens

    Lidando com alguns preconceitos (manipulação, ética)

    Escolhendo três ideias para o retorno ao trabalho


  • Negociação em Equipe (ver competência)


    Principais fundamentos: o que faz a diferença

    Como se preparar com efetividade para uma negociação

    O desenvolvimento da negociação

    O controle e avaliação


  • Negociação em Vendas (ver competência)


    Autodiagnostico do participante na competência negociação: Forças, fraquezas, geração de confiança, flexibilidade

    As três dimensões da negociação

    Estratégias e táticas ativas e defensivas no processo de negociação

    Objeções e Impasses: como superá-los nas negociações

    Administração de conflitos - Como dizer não

    A geração de confiança no processo de negociação: Saber ouvir como fator diferencial

    A flexibilidade com fator de estímulo e facilitação de negociações

    Os vários tipos de clientes; como lidar com cada um em função do estilo das pessoas envolvidas na negociação

    A utilização da negociação para prospecção de novas oportunidades de negócios

    A dificuldade no fechamento das negociações

    Pecados capitais do negociador brasileiro; o que não fazer ao negociar

    Atuando como consultor do Cliente: Competências a desenvolver

    Ideias para um Plano de retorno ao trabalho


  • Negociação em Compras (ver competência)


    Afinal o que é, mesmo, Negociação?

    Quais as Tecnologias de Negociação?

    Quais as Habilidades de Relacionamento?

    Quais os Aspectos Relativos ao Conhecimento do Negócio

    Integração: Tecnologia de Negociação, Habilidades de Relacionamento e Conhecimento do Negócio

    Indicadores de Processo e de Resultados nas Negociações

    Ideias para um plano de retorno ao trabalho


  • Negociação de Contratos (ver competência)


    Autodiagnóstico

    A Comunicação

    Conflitos

    Negociação em Equipe

    O Processo Decisório na Negociação

    Criatividade na Negociação

    Plano de Ação Pessoal e Organizacional


  • Articulação Mediação Negociação e Arbitragem (ver competência)


    Articulação, negociação, mediação e arbitragem

    O quadrado de resultados: as 04 competências do articulador eficaz

    Foco no cliente ou foco do cliente: isso faz toda a diferença

    O articulador como parceiro do grupo

    O articulador como solucionador de problemas

    O articulador como ouvinte

    O articulador como gestor de conflitos

    O articulador como gerador de flexibilidade no grupo

    Estratégias de relacionamento e comunicação

    Melhores práticas em articulações

    Um plano de ação individual e organizacional


  • Negociação por Telefone (ver competência)


    O que eu tenho que fazer para melhorar minha performance em vendas e negociação por telefone

    Diferenças entre venda / negociação por telefone e outras formas de comercialização de produtos e serviços

    Como vender soluções através do telefone

    Lidando com objeções relativas a preços, prazos, etc

    Assertividade, agressividade, insistência e persistência: como transformar simples palavras em resultados de vendas

    Atendendo bem, posicionando corretamente a oferta e mantendo a atenção do cliente

    Fiz tudo certo e o cliente não comprou: os sete segredos do fechamento eficaz por telefone

    Ética na venda/negociação por telefone

    Plano de retorno ao trabalho: das coisas que aprendi e o que pretendo colocar em prática imediatamente?


  • Renegociando (ver competência)


    Modelagem em PNL e o encontro do Estado de Excelência

    Inteligência Emocional Pessoal: Controlar emoções e participar de várias tribos

    Inteligência Emocional na Empresa: Transformar problemas e conflitos em “assunto técnico”

    Criatividade + Gestão = Inovação - usando os dois lados do cérebro

    A Estratégia do Oceano Azul e o comportamento inovador

    Carisma + Conteúdo + Comunicação + Credibilidade = Relacionamentos Fidelizados

    Como reter talentos e reduzir prejuízos com perda de funcionários

    Calibração entre interlocutores: Estabelecer Rapport para conquistar confiança

    Os scripts de negociações entre os Comportamentos de Ego Criança, Ego Pai e Ego Adulto

    Praticar a fórmula: SUCESSO = TEMPO + INFORMAÇÃO + PODER


  • Compras Consultivas (ver competência)


    Princípios da Compra Consultiva

    Como aplicar o conceito de compra de soluções

    Planejando estratégias para resolver um problema específico de uma área cliente

    O conceito de cadeia de suprimentos e de cadeia de valor aplicado às compras consultivas

    A análise das cinco forças competitivas e o conceito de compras que geram valor

    Planejando como administrar as diversas fases do ciclo de compras

    A escolha da melhor mídia para comprar: Meios eletrônicos e outros facilitadores

    Comprar algo que ninguém se dispõe a vender: O que fazer?

    A importância do alinhamento das diversas áreas internas com o esforço da área de suprimentos

    Ele tornou-se fornecedor: e agora?

    Estratégias de parceria com fornecedores

    Ideias para um Plano de Ação Individual e Organizacional


Competência Vendas

  • Vendas Consultivas - 24 horas (ver competência)


    Trabalho Duro, mas Ganho Pouco

    Por Que ele não me Entendeu?

    Avaliação do Valor Estratégico de Cada Cliente

    Montando um Sistema de Informação que Maximize. O Resultado dos Esforços Comerciais

    Técnicas de Análise das Necessidades do Cliente

    Neutralizando a Ação da Concorrência


  • Postura Consultiva (ver competência)


    Postura Consultiva no Atendimento

    Abordagens Andragógicas para Desenvolvimento de Relacionamentos

    Evitando Lapsos em Comunicações na Postura Consultiva


  • Planejamento de Vendas (ver competência)


    Autodiagnostico

    Definição da postura estratégica a ser adotada em vendas (crescimento, desenvolvimento, manutenção e sobrevivência)

    Escolha das possíveis estratégias de vendas (a matriz de Ansoff, de Shapiro e de Kotler)

    Identificação e desenvolvimento de alternativas estratégicas

    Avaliação de alternativas estratégicas em função dos objetivos corporativos

    Maximização de resultados como vetor de escolha

    Realinhamento da organização para a implementação da estratégia (o modelo CDMIE)

    Avaliação dos processos administrativos e de gestão que possam dificultar a implementação do Plano

    Avaliação, Controle e Redirecionamento

    Plano de Retorno ao Trabalho


  • Análise de Valor em Vendas (ver competência)


    1ª PARTE - O que é análise de valor

    1ª PARTE - O conceito de análise de valor aplicado à área de vendas

    1ª PARTE - A análise da cadeia de valores do cliente

    1ª PARTE - O estabelecimento de elos comerciais entre a cadeia de valores do cliente e os produtos e serviços da Empresa

    1ª PARTE - O esforço de endomarketing e sua importância na venda baseada em análise de valor

    2ª PARTE - Como desenvolver propostas de alto valor agregado

    2ª PARTE - Como apresentar e defender propostas de alto valor agregado

    2ª PARTE - Plano de ação


  • Planejamento Estratégico em Marketing (ver competência)


    1º Encontro - Módulo I - Marketing x Vendas

    1º Encontro - Módulo I - Marketing x Vendas - Marketing Comercial

    1º Encontro - Módulo II - O Planlo de Marketing - 1ª parte: Sumário Executivo

    1º Encontro - Módulo II - O Planlo de Marketing - 2ª parte: Situação Atual de Marketing

    1º Encontro - Módulo II - O Planlo de Marketing - 3ª parte: Análise das Oportunidades, Ameaças, Forças e Franquezas

    1º Encontro - Módulo II - O Planlo de Marketing - 4ª parte: Objetivos

    1º Encontro - Módulo II - O Planlo de Marketing - 5ª parte: Estratégia de Marketing

    1º Encontro - Módulo II - O Planlo de Marketing - 6ª parte: Programas de Ação

    1º Encontro - Módulo II - O Planlo de Marketing - 7ª parte: Demonstração de Resultado Projetado

    1º Encontro - Módulo II - O Planlo de Marketing - 8ª parte: Controle de Marketing

    1º Encontro - Módulo III - O Plano de Vendas - 1ª PARTE: Sumário Executivo

    1º Encontro - Módulo III - O Plano de Vendas - 2ª PARTE: Análise de Oportunidades

    1º Encontro - Módulo III - O Plano de Vendas - 3ª PARTE: Metas de Performance

    1º Encontro - Módulo III - O Plano de Vendas - 4ª PARTE: Estratégias de Vendas

    1º Encontro - Módulo III - O Plano de Vendas - 5ª PARTE: Implementação do Plano de Vendas e Controle

    1º Encontro - Módulo III - O Plano de Vendas - 6ª PARTE: Orçamento de Vendas e Recursos Chaves

    2º Encontro - Marketing


  • Matemática Financeira em Vendas (ver competência)


    I - Visão geral sobe contabilidade e finanças - Introdução

    I - Visão geral sobe contabilidade e finanças - Lucro, caixa e valor

    I - Visão geral sobe contabilidade e finanças - A linguagem dos negócios

    I - Visão geral sobe contabilidade e finanças - Principais demonstrações

    II – Avaliação de desempenho - Objetivos e limitações da análise das demonstrações

    II – Avaliação de desempenho - Indicadores Gerais

    II – Avaliação de desempenho - Indicadores específicos da organização

    II – Avaliação de desempenho - Relacionamento entre as análises

    III – Análise e gestão de gastos *custos, despesas, investimentos e perdas


  • Trade Marketing Vendas e Logísticas (ver competência)


    Trade Marketing x Marketing do Trade

    Plano de Trade Marketing

    Varejo – visão mais estratégica como direção do operacional

    O acesso ao mercado – Visão de canais de distribuição

    Accountable Trade Marketing

    Estratégia

    Gestão nas organizações

    Conceitos gerais e aplicabilidade

    Especificação de custos


  • Liderança e Motivação da Equipe de Vendas (ver competência)


    O Papel do Gestor Comercial

    Os Desafios da Liderança na Área Comercial

    Coaching e Feedback – Ferramentas para Potencializar os Resultados da Equipe

    Gestão do Tempo e Produtividade na Área Comercial


  • Transformando Objetivos em Resultados (ver competência)


    Autodiagnostico

    Avaliando o mercado na área de vendas frente aos seus objetivos

    Os pontos fortes e fracos da empresa junto aos clientes (representam os fatores internos dos dois lados) que afetam a relação e o cumprimento de um objetivo de vendas

    As ameaças e oportunidades do mercado junto àquele cliente e que podem afetar/prejudicar a posição do vendedor ou sua pretensão (representam os fatores externos à companhia – mercado / concorrência, etc.)

    Os valores pessoais dos principais implementadores dos programas a serem cumpridos (fatores internos à companhia)

    Traduzindo essa análise (SWOT) em premissas de um plano de trabalho para uma execução eficiente (o plano) e eficaz (o resultado)

    Introdução do Gráfico de Ishikawa nos processos de vendas (trocando área problema - efeito por objetivo e causas por áreas de preocupação)

    Construindo um plano de trabalho a partir do objetivo e relacionado com premissas mercadológicas da área foco (cliente ou grupos de clientes ou região de vendas)

    Qual mercado para qual resultado

    Quantos prospects para qual resultado?

    Qual oferta para qual resultado?

    Que apoio para qual resultado?

    Quantas visitas para qual resultado?

    Que tipo de visita para qual resultado?

    Quem ou o que pode dificultar o resultado pretendido?

    Colocando tudo no papel (ou no arquivo eletrônico)

    Gerando comprometimento com o plano de trabalho antes de sua execução

    Implementando o plano de trabalho

    Traduzir os objetivos do plano em tarefas semanais (ou diárias)

    Comunicar / dividir / comprometer pessoas e áreas em torno das necessárias tarefas táticas

    O mais importante da implementação é o seu controle: quem controla melhora!

    O que fazer quando o ritmo de resultado não é o desejável? Flexibilizando ações táticas em torno dos objetivos do plano

    Comunicando o andamento do plano para a chefia

    O controle é para melhorar não para punir

    Estabelecendo um plano de controle

    Comunicando e compartilhando o plano do controle

    Do plano para a prática: controlando diariamente os resultados do plano

    Plano de retorno ao trabalho


  • Finanças Aplicadas a Área Comercial (ver competência)


    I – Visão geral sobre contabilidade e finanças - Introduçã

    I – Visão geral sobre contabilidade e finanças - Lucro, caixa e valor

    I – Visão geral sobre contabilidade e finanças - A linguagem dos negócios

    I – Visão geral sobre contabilidade e finanças - Principais demonstrações

    II – Avaliação de desempenho - Objetivos e limitações da análise das demonstrações

    II – Avaliação de desempenho - Indicadores Gerais

    II – Avaliação de desempenho - Indicadores específicos da organização

    II – Avaliação de desempenho - Relacionamento entre as análises


  • Técnicas de Vendas com PNL (ver competência)


    Técnicas de Vendas com PNL


  • Vendendo para clientes cada vez mais exigentes (ver competência)


    Vendendo para clientes cada vez mais exigentes

    Vendendo para clientes cada vez mais exigentes


Universidade Corporativa

  • Como Montar, Implantar e Gerenciar uma Universidade Corporativa (ver competência)


    Afinal o que é uma Universidade Corporativa?

    E o treinamento tradicional, como fica?

    Universidades Corporativas: Benchmarks

    Estudo de Viabilidade e da Necessidade

    A venda interna

    Erros mais comuns

    Aspectos estratégicos

    Centro de Custos ou de Resultados

    Por onde vamos começar? Corporativa? Vendas? Produção?

    Benchmarking (Erros e Acertos)

    Quem Vai Patrocinar?

    Quem Vai Ajudar Internamente?

    Quem Vai Executar as Etapas? Recursos Internos e Externos

    A Quem Vai Atender / Cadeia de Valor? / Executivos? / Colaboradores

    O Dilema Alvenaria ou Conhecimento

    Unidade de Negócios ou Treinamento

    Funding / Garantia de Sobrevivência

    Funções: Treinar, Pesquisar, Guardar, Difundir

    Treinamento = Trabalho?

    O Modelo Jurídico - Empresa à parte?

    Mensurar (processo ou resultado?)

    Aspectos operacionais

    Perspectiva Temporal dos Programas alinhada com o futuro da empresa

    Critérios e Questões sobre Mensuração dos processos e dos resultados

    Certificação: Uma nova Alternativa para Avaliação das UCs

    Construir uma Grife?

    Vender e não Entregar

    Aprender Ensinando / Executivos da Empresa como Professores?

    Metodologias que Estimulem o Fluxo Multidirecional do Conhecimento

    Treinamento Informal como alternativa

    As escolas/trilhas

    Matriz escolas/competências/funções

    Gestão/informatização/sistemas

    Implantação

    24 Indicadores de Processo e de Resultado de uma UC

    Proposta de um “modelo” para Universidades Corporativas

    Ideias para um Plano de Ação


  • Universidade Corporativa da Concepção a Implantação (ver competência)


    Primeira Etapa – Compreensão, definição e consenso do modelo ideal

    Segunda Etapa – Elaboração do Business Plan

    Terceira Etapa – Elaboração do currículo

    Quarta Etapa – Lançamento da Universidade

    Quinta Etapa – Operacionalização

    Sexta Etapa


  • Universidade Corporativa ou Educação Corporativa e Enfrentando o Dilema (ver competência)


    Mitos e verdades da Educação Corporativa / Universidade Corporativa

    Revisitando o porquê de uma Universidade Corporativa

    Buscando um consenso sobre erros e acertos da UC e EC

    Aspectos Estratégicos; Ontem e Hoje

    Garantia de sobrevivência – as fontes de recursos

    Funções: treinar, pesquisar, guardar, difundir

    Treinamento = trabalho

    Mensurar (processo ou resultado)

    Centro de custos ou de resultados

    Benchmarking (positivo e negativo)

    Quem vai patrocinar

    Quem vai executar as 03 etapas

    A quem vai atender / cadeia de valor

    Alvenaria ou conhecimento

    Unidade de negócios ou treinamento

    Aspectos Operacionais: Ontem e Hoje

    Aprender Ensinando / Executivos da Empresa

    Metodologias que Estimulem o Fluxo Multidirecional do Conhecimento

    Mídias Sociais

    Treinamento Informal

    Perspectiva Temporal dos Programas / Futuro na Organização

    Vender e não Entregar

    Modelo andragógico de aprendizado

    A venda interna, definição e engajamento do público-alvo

    Diferenciais da UC/EC

    Causas e efeitos dos erros e acertos

    Uma análise das metodologias usadas pela UC/EC

    Critérios para escolha de parceiros

    O marketing da UC/EC

    Ideias para ouvir os “Clientes” da UC/EC

    Um exemplo de integração Matriz escolas/competências/funções

    A Certificação como estratégia de revitalização e transformação em Centro de Resultados

    Definindo os indicadores de processos e resultados

    O sexto nível

    A gestão/implantação

    Aprendendo com os outros: UC/EC

    Proposta inicial de um novo “modelo”


  • Auditoria e Revitalização de uma Universidade Corporativa (ver competência)


    Primeira Etapa – Revisão do Projeto Identidade Estratégica

    Segunda Etapa – Revisão do currículo, Estratégia para uso de Parceiros e Certificação

    Terceira Etapa – Operacionalização / Acompanhamento da Implantação / Certificação


Selecionar treinamento...

Resumo do Treinamento


Obrigatórios